BECO SEM SAÍDA – A Chacina do Beco do Candeeiro – 20 anos depois

BECO SEM SAÍDA – A Chacina do Beco do Candeeiro – 20 anos depois

Em 10 de julho de 1998, os adolescentes Adileu Santos, o Baby, 13, Edgard Rodrigues de Arruda, o Indinho, 14, e Reginaldo Dias Magalhães, o Nado, 16, foram executados a tiros na rua 27 de Dezembro, popularmente conhecida como “Beco do Candeeiro”, no centro histórico de Cuiabá, Mato Grosso.

Neste livro-reportagem, o jornalista Johnny Marcus esmiúça os autos do processo na tentativa de compreender por que o caso nunca foi resolvido pelo Ministério Público. Através de relatos das mães, parentes e amigos das vítimas, ele também mostra como foi a trajetória dos meninos até chegarem às ruas.
“Beco Sem Saída” é um primoroso trabalho de jornalismo investigativo, leitura essencial para uma melhor compreensão dos direitos humanos, nestes tempos sombrios de escalada do fascismo. Por seu conteúdo e linguagem, é ótima fonte de estudos nos campos do Jornalismo, Direito e Ciências Sociais.

Deixe uma resposta